Suplementos: o que usar!

Muito se tem especulado sobre quais as melhores estratégias visando o alto rendimento e/ ou a mudança de composição corporal: evite isso, coma aquilo, beba isso. Uma curiosidade a respeito dos suplementos é que na época dos gladiadores era comum que fosse utilizado óleo nos corpos dos mesmos e depois da luta a mistura de óleo, suor, sangue e areia que ficava grudada no corpo do vencedor era ingerida por aspirantes a campeões que julgavam ser aquele “suplemento” produzido durante aquele período a fonte de energia e força que eles precisavam para  se tornarem campeões.

Assim, não é novidade que os indivíduos buscam estratégias nem sempre razoáveis para obterem os seus resultados desejados.

O que nos cabe dizer é que os alimentos e os suplementos devem ser utilizados de forma criteriosa e individual. Nem sempre o produto que deu excelente resultado para um amigo será a solução para os seus problemas. É fundamental avaliar a sua ingestão diária, o seu metabolismo basal e o seu hábito antes de definir se o melhor whey para você é o concentrado, o isolado ou o hidrolisado. Há vantagens para cada um deles dependendo de seu objetivo, sua modalidade esportiva, seu hábito alimentar e seu horário de treinamento.

Procure um profissional nutricionista, certifique-se de que ele é Especialista em Nutrição Esportiva, você pode fazer isso pelo site da Associação Brasileira de Nutrição (Asbran).

Post by: Arícia Motta
Arícia Motta Nutrição – Nutrição Esportiva baseada em Ciência

Tags: No tags

Leave a Comment